GOL Arquiva Pedido de Análise Prévia de Distribuição Pública


27 Aug 2009 [13:02h]     Bookmark and Share




Primária de Ações Ordinárias e Preferenciais

São Paulo – A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. a maior companhia aérea de baixo custo e baixa tarifa da América Latina, anuncia em atendimento à Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica aos seus acionistas e ao mercado que apresentou à Associação Nacional dos Bancos de Investimento – ANBID („ANBID“), no exercício das prerrogativas que lhe foram conferidas pela Comissão de Valores Mobiliários („CVM“), nos termos da Instrução CVM n.º 471, de 8 de agosto de 2008 („Instrução CVM 471“) e do convênio celebrado para esse fim em 28 de agosto de 2008 entre a CVM e a ANBID, em conjunto com seu acionista controlador, Fundo de Investimento em Participações Asas (o „Acionista Vendedor“), pedido de análise prévia de uma distribuição pública primária de ações ordinárias e ações preferenciais, a ser realizada pela Companhia e de uma distribuição pública secundária de ações preferenciais a ser realizada pelo Acionista Vendedor („Oferta Brasileira“). Concomitantemente, a Companhia e o Acionista Vendedor apresentaram à Securities and Exchange Commission („SEC“) pedido de registro de distribuição pública primária e secundária de ações preferenciais sob a forma de American Depositary Shares („ADSs“) („Oferta Internacional“, e em conjunto com a Oferta Brasileira, a „Oferta Global“). Cada ADSs corresponderá a 1 (uma) ação preferencial.

Estima-se que a oferta base primária totalizará aproximadamente entre R$ 550 milhões e R$ 650 milhões. O valor efetivo da oferta, e a quantidade de ações a serem emitidas, serão determinados oportunamente de acordo com as condições de mercado à época da publicação do aviso ao mercado.

Os recursos recebidos pelo Acionista Vendedor em decorrência da venda das ações preferenciais de sua titularidade no âmbito da Oferta Global (com exceção dos recursos recebidos em decorrência da venda do lote suplementar de ações preferenciais, se ocorrer) serão reinvestidos na Companhia por meio da subscrição das ações ordinárias emitidas no âmbito da Oferta Global.

A Companhia pretente utilizar os recursos líquidos provenientes da Oferta Global para reforçar seu balanço patrimonial, especialmente nosso caixa e disponibilidades, visando alcançar mais rapidamente seu objetivo de contar com caixa equivalente a, no mínimo, 20% de nossa receita líquida operacional referente aos 12 meses anteriores. A Companhia acredita que um balanço patrimonial reforçado, combinado com uma contínua geração de fluxo de caixa operacional, garantirá maior flexibilidade operacional, permitindo responder rapidamente às mudanças no mercado e explorar oportunidades.







  • Palma.guide



Kontakt zum Verfasser der Nachricht:








    Schreibe einen Kommentar

    Deine E-Mail-Adresse wird nicht veröffentlicht.

    *
    *